Tribunal do Rio de Janeiro é consultado e não reconhece uso de blockchain em cartórios

Compartilhe!

A tecnologia Blockchain vem se popularizando no mercado e no uso dentro do governo. Alguns exemplos de uso da tecnologia e regulamentação já se destacam. Está em tramitação um Projeto de Lei PL 2876/2020, que determina que registro de título, documento e imóveis devem ser feitos em Blockchain. O PL 2876/2020 é de autoria do Senador Acir Gurgacz (PDT/RO), regulamenta o uso de Blockchain em cartórios e ainda não tem prazo para ser apreciado no Congresso.

blockchain cartórios
Tribunal do Rio de Janeiro é consultado e não reconhece uso de blockchain em cartórios

Outra iniciativa que se destaca no uso da tecnologia Blockchain é referente ao Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC), que anunciou no dia 2 de Junho que vai começar a usar o Sistema de Blockchain da Receita Federal do Brasil (RFB) para Cadastro de Pessoa Física, chamado bCPF. O projeto, decorrente de convênio firmado com o órgão federal, e viabilizado por contrato com a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev), tem por objetivo a prestação de serviço de tecnologia da informação, com a distribuição de informações de cadastro com tecnologia Blockchain e o fornecimento de acesso e infraestrutura tecnológica de alto desempenho, capacidade e disponibilidade voltada para compartilhamento e atualização de dados da base cadastral de CPF em meio seguro.

No entanto, a tecnologia Blockchain ainda encontra barreiras e resistência em seu uso. Em uma consulta feita a justiça do Rio de Janeiro, o Corregedor-Geral da Justiça afirmou que a utilização de blockchain não é permitida na “realização de atos notariais eletrônicos”, ou seja, para uso em Cartórios. A decisão foi publicada no Diário de Justiça no Rio de Janeiro (DJRJ) do dia 5 de junho.

O entendimento da Justiça do Rio de Janeiro vai de encontro com a tendência da adotação e mais extenso uso da tecnologia Blockchain no setor público. Isso mostra que a sua verdadeira adoção pode levar anos e enfrentar diversas barreiras.

Decisão sobre o uso de Blockchain em cartórios – atos notariais eletrônicos na íntegra

Página 18 da I – Administrativo do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 5 de Junho de 2020

Rio de Janeiro, 04 de junho de 2020.

Desembargador BERNARDO GARCEZ

Corregedor-Geral da Justiça

ASSUNTO: CONSULTA PARTICIPACAO PROJETO DE UTILIZACAO DE TECNOLOGIA BLOCKCHAIN EM SERVICOS

NOTARIAIS

CAPITAL 15 DE NOTAS

D E C I S Ã O

ACOLHO a manifestação da juíza auxiliar Aline Abreu Pessanha, por seus próprios fundamentos que adoto como razão de decidir, e DETERMINO que a consulente seja esclarecida de que não era, e continua não sendo, permitida a utilização do blockchain para a realização de atos notariais eletrônicos.

2.DETERMINO , ainda:

i) a expedição de ofício ao 15º Ofício de Notas da Capital, para ciência da reclamação apresentada nos autos do processo nº 2020-0015420, ora em apenso, estabelecendo-se prazo de 05 dias para resposta;

ii) a expedição de ofício ao 5º RCPN da Capital, para ciência e manifestação, no prazo de 05 dias ;

iii) a expedição de ofício ao Ministério Público Estadual informando que o Ofício OMP nº 041/2020 deu origem ao processo nº 2020-0015420, ora em apenso, e que todas as providências estão sendo adotadas nestes autos.

3. Decorridos os prazos, com ou sem manifestação, certifique-se e remetam-se os autos à DIFEX para manifestação sobre todo o acrescido.

Publique-se .

Referência:

JusBrasil, CriptoFacil, Decisão sobre Blockchain em Cartórios: Diário de Justiça do Rio de Janeiro

Para Análise Regulatória, Parecer Jurídico e Consultoria Jurídica em Blockchain, Smart Contracts e outras tecnologias, consulte nossos Advogados

Para mais informações ou se tiver dúvidas sobre Direito Digital, em especial Aspectos Regulatórios e Compliance de Blockchain, Smart Contracts e outras tecnologias e regulação de criptoativos, entre em contato pelo e-mail contato@blconsultoriadigital.com.br  ou fale com um Advogado online agora.

Saiba mais sobre Compliance Digital!

BL Consultoria e Advocacia Digital

Escritório jurídico voltado para o mundo conectado que busca auxiliar empresas e startups a desenvolverem seus projetos (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) de forma ética e eficiente com atuação especializada em Direito Digital e Análise Regulatória para novas tecnologias. Estamos localizado em dois endereços: em São Paulo-SP, na Av. Paulista, 575 – conjunto 1903 – Bela Vista, CEP 01311-911 e em Campinas-SP, na Rua Antônio Lapa, 280 – 6o andar, Cambuí. Para mais informações ou consultoria jurídica com nossos advogados, agende uma reunião pelo link ou ligue  +55 11 3090 5979.


Compartilhe!