Sandbox BC: Confira os projetos selecionados para o primeiro ciclo do programa

sandbox bc

O Sandbox do Banco Central foi anunciado em 2019 e deverá ser um ambiente em que entidades são autorizadas pelo BC a testar, por período determinado, projetos inovadores na área financeira ou de pagamentos, observando um conjunto específico de disposições regulamentares que amparam a realização controlada e delimitada de suas atividades.

Na primeira edição do Sandbox BC foram inscritos 52 projetos no Ciclo 1 e entre as prioridades estão:

  • O desenvolvimento de soluções para o mercado de câmbio;
  • Fomento ao mercado de capitais por intermédio de mecanismos de sinergia com o mercado de crédito; de soluções para o Open Banking e para o Pix;
  • Fomento para o mercado de crédito rural e de finanças sustentáveis.

Conheça os Projetos selecionados no Sandbox BC

Em relação aos projetos selecionados, a expectativa é que as soluções sejam disponibilizadas no mercado no próximo ano e além da Brasil OTC foram selecionadas outras iniciativas. Confira:

HIMOV – Empréstimo com garantia de imóvel, com o pagamento no vencimento e sem amortizações periódicas, conjugado com a contratação de seguros específicos para redução dos riscos pertinentes.

JP Morgan – Solução tecnológica para a execução de instruções de pagamentos multi-moeda, de uso exclusivo entre instituições autorizadas pelo BC a operar no mercado de câmbio com a finalidade de troca imediata de reservas

Itaucard – Realização de transações de pagamento com concessão de crédito, rotativo ou parcelado, utilizando funcionalidades do Pix

Inco – Desenvolvimento de um mercado secundário de Cédulas de Crédito Bancário -CCBs

Mercado Pago – Implementação de uma rede de pontos físicos que ofereça o serviço de aporte de recursos em espécie

IUPI – Plataforma capaz de movimentar valores entre duas ou mais contas, mediante a transferência de valores para contas ‘temporárias ou de liquidação’, sob demanda, para a realização de uma operação sob condições previamente firmadas.

Diante dessas novidades, o Banco Central ainda afirmou que o Ciclo 1 terá duração de um ano, podendo ser prorrogado por mais um ano.

A intenção é que, após esse período e, com as orientações do BC, os projetos selecionados que se mostrarem efetivos possam ser implementados de forma permanente por participantes do mercado, contribuindo para a oferta de novos e melhores serviços aos usuários dos Sistemas Financeiro Nacional (SFN) e de Pagamentos Brasileiro (SPB).

Comunicado Banco Central

Fonte: CoinTelegraph

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Luiz Jovelino
Luiz Jovelino
Graduando em Direito na Universidade Federal de Alagoas, experiência com estudos constitucionais. Atuou como trainee da empresa Júnior Legis. É estagiário na área de Compliance do BL Consultoria Digital.
Luiz Jovelino
Luiz Jovelino
Graduando em Direito na Universidade Federal de Alagoas, experiência com estudos constitucionais. Atuou como trainee da empresa Júnior Legis. É estagiário na área de Compliance do BL Consultoria Digital.

Posts Relacionados

Fale Conosco

Categorias

Assine nossa Newsletter

Confira Mais Conteúdos