Escritório de advocacia das celebridades sofre ataque hacker e documentos sensíveis são sequestrados.

Compartilhe!

Grubman Shire Meiselas & Sacks, um grande escritório de advocacia de mídia e entretenimento dos Estados Unidos foi vítima de um ataque hacker conhecido como ransomware, resultando no roubo de uma enorme quantidade de informações privadas de dezenas de celebridades. O acervo de dados supostamente roubados por hackers – um total de 756 Gigabytes de dados – inclui contratos empresariais, acordos de confidencialidade, números de telefone e endereços de e-mail e “correspondência pessoal“, de acordo com uma imagem da publicação dos hackers fornecida à Emsisoft, uma empresa de consultoria e software de segurança cibernética especializada em ransomware.

Os documentos supostamente incluem informações de vários artista da música e do entretenimento, incluindo: Lady Gaga, Madonna, Nicki Minaj, Bruce Springsteen, Mary J. Blige, Ella Mai, Christina Aguilera, Mariah Carey, Mariah Carey, Cam Newton, Bette Midler, Jessica Simpson , Priyanka Chopra, Idina Menzel, “Last Week Tonight With John Oliver” da HBO e Run DMC.

ataque hacker

Na manhã de sábado, o site do escritório de advocacia (gsmlaw.com) estava efetivamente offline, exibindo apenas o logotipo. Nesse tipo de ataque hacker, os cibercriminosos solicitam determinada quantia, geralmente em bitcoin, para prosseguir com a devolução dos dados sequestrados ou não divulgação de dados, uma nova forma de extorsão.

De acordo com a Emsisoft, os hackers publicaram evidências do roubo de dados por meio de um fórum na dark web, que permite aos usuários realizar transações secretas e ocultar suas identidades usando criptografia. Não se sabe quanto o grupo de hackers responsável pelo ataque pode exigir do escritório de advocacia em troca de não divulgar o material publicamente e/ou na dark web. Um dos documentos divulgados pelo grupo de hackers foi um trecho de um contrato da turnê “Madonna X” de 2019 da cantora Madonna com a empresa Live Nation.

O ataque hacker de ransomware ao Grubman Shire Meiselas & Sacks foi realizado por um grupo chamado “REvil“, também conhecido como “Sodinokibi“, que anteriormente tinha como alvo a Travelex, a Brooks International e outras organizações, de acordo com Callow. A Travelex, empresa de câmbio do Reino Unido, pagou US $ 2,3 milhões em bitcoin a hackers que haviam infectado sua rede com vírus, informou o Wall Street Journal no mês passado. Clientes da Grubman Shire Meiselas de Nova York & Sacks inclui artistas da música, atores e personalidades da TV, estrelas do esporte e empresas de mídia e entretenimento.

Entre as celebridades da música, de acordo com lista de clientes da empresa, se destacam: AC/DC, Avicii, Barbra Streisand, Barry Manilow, Bebe Rexha, Bette Midler, Bruce Springsteen, David Bowie Estate, Drake, Elton John, Fiona Apple, Futuro, Jessie Reyez, John Mellencamp, Lady Gaga, Lil Nas X, Lil Wayne, Lionel Richie, Lizzo, Madonna, Maroon 5, Nas, OK Go, Ricky Martin, Rod Stewart, Shania Twain, Sting, The Weeknd, Timbaland, Tony Bennett, U2, Usher e a Propriedade Whitney Houston. Outros talentos e executivos representados pelo escritório de advocacia incluem Andrew Lloyd Webber, Barbara Walters, Clive Davis, David Geffen, David Letterman, Diane Sawyer, Gayle King, Iman, Irving Azoff, Jimmy Iovine, Kate Upton, Maria Shriver, Mariska Hargitay, Martha Stewart, Meg Ryan e Mikhail Baryshnikov. Nancy Grace, Naomi Campbell, Priyanka Chopra, Richard Plepler, Robert De Niro, Shay Mitchell, Sofia Vergara, Spike Lee e Osbournes (Ozzy, Sharon e Kelly). Os atletas que são clientes, dentre eles se destacam Cam Newton, Colin Kaepernick, Henrik Lundqvist, LeBron James, Mike Tyson, Scottie Pippen, Sean Avery, Sloane Stephens e Victor Cruz.

Além disso, as empresas da lista de clientes da empresa, se destacam Activision, Azoff MSG Entertainment, Discovery, EMI Music Group, Facebook, Focus Features, HBO, iHeartMedia, Imax, IAC, Live Nation, Martha Stewart Living Omnimedia, MTV, NBA Entertainment , a Nederlander Organization, Playboy Enterprises, Samsung Electronics, Scott Rudin Prods., Sony Corp. e Sony / ATV Music Publishing, Spotify, Tribeca Film Festival, Universal Music Group e Vice Media Group.

De acordo com um estudo da Emsisoft, em 2019, pelo menos 966 prestadores de serviços de saúde, agências governamentais e instituições de ensino nos EUA foram alvo de ataque hacker de ransomware a um custo potencial de mais de US$ 7,5 bilhões. A empresa diz que, à medida que a crise do COVID-19 piorava no primeiro trimestre de 2020, o número de hacks de ransomware bem-sucedidos caiu consideravelmente, para 89 casos identificados no período.

Fonte: https://variety.com/2020/digital/news/entertainment-law-firm-hacked-data-breach-lady-gaga-madonna-bruce-springsteen-1234602737/

Para saber mais sobre Regulação de novas tecnologias, Proteção de Dados, LGPD, GDPR

Para mais informações ou se tiver dúvidas sobre Direito Digital, em especial acerca dos temas: Proteção de Dados (incluindo LGPD & GDPR), Aspectos Regulatórios e Compliance de novas tecnologias e regulação de criptoativos, entre em contato pelo e-mail contato@blconsultoriadigital.com.br ou fale com um Advogado online agora.

Saiba mais sobre Compliance Digital!

Sofreu um ataque hacker e precisa de assessoria jurídica?

Gostaria de agendar uma reunião? Entre em contato com um de nossos advogados agora pelo Whatsapp!

BL Consultoria e Advocacia Digital

Escritório jurídico voltado para o mundo conectado que busca auxiliar empresas e startups a desenvolverem seus projetos (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) de forma ética e eficiente com atuação especializada em Direito Digital e Análise Regulatória para novas tecnologias. Estamos localizado em dois endereços: em São Paulo-SP, na Av. Paulista, 575 – conjunto 1903 – Bela Vista, CEP 01311-911 e em Campinas-SP, na Rua Antônio Lapa, 280 – 6o andar, Cambuí. Para mais informações ou consultoria jurídica com nossos advogados, agende uma reunião pelo link ou ligue  +55 11 3090 5979.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *