WhatsApp inicia testes para envio de criptomoedas na plataforma

política de privacidade do WhatsApp

Na última quinta-feira (9), o WhatsApp iniciou um teste “para um número limitado de usuários” nos Estados Unidos que permite enviar e receber criptomoedas por meio da carteira digital Novi, criada pelo Facebook. Por hora, apenas os americanos poderão fazer transações com a moeda digital “pax dollar”, lastreada no dólar e considerada mais estável.

O novo recurso se assemelha com a função “WhatsApp Pay”, lançada no Brasil em março passado. A diferença é que são feitas transferências bancárias entre parceiros credenciados pelo aplicativo. Nos EUA, toda a transação é realizada por meio da carteira digital Novi.

A Meta, antigo Facebook, vem trabalhando em opções de pagamentos com criptomoedas há vários meses, mas o projeto tem enfrentado diversos obstáculos. Além disso, a iniciativa causou preocupações em reguladores e bancos centrais por conta de um possível risco que o produto poderia causar à estabilidade financeira de países; ainda em dezembro de 2020, o Facebook mudou o nome da carteira digital de Calibra para Novi. A moeda deixou de ser chamada de “libra” e passou a ser conhecida como “diem”.

Ao lançar a Novi, David Marcus disse que aguardava a regularização da “diem” para adicioná-la à carteira, que foi liberada com a moeda digital pax dollar (USPD), considerada mais estável.

Vale lembrar que a carteira digital e a “diem” foram criticados por um grupo de senadores democratas dos EUA, que apontou que os planos do Facebook são “incompatíveis com o cenário regulatório financeiro real”.

Fonte: G1

Soluções Jurídicas para Empresas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Luiz Jovelino
Luiz Jovelino
Graduando em Direito na Universidade Federal de Alagoas, experiência com estudos constitucionais. Atuou como trainee da empresa Júnior Legis. É estagiário na área de Compliance do BL Consultoria Digital.
Luiz Jovelino
Luiz Jovelino
Graduando em Direito na Universidade Federal de Alagoas, experiência com estudos constitucionais. Atuou como trainee da empresa Júnior Legis. É estagiário na área de Compliance do BL Consultoria Digital.

Posts Relacionados

Fale Conosco

Categorias

Assine nossa Newsletter

Confira Mais Conteúdos