Dados de cartões de créditos são vazados na Dark Web

ransomware

Após uma plataforma brasileira ter exposto dados de 1,75 bilhão de registros de lojas como Amazon, Mercado Livre, Magalu e até mesmo os Correios, foi detectada mais uma invasão pelo NordVPN. A plataforma indicou que dados de cartões de 227 mil pessoas do Brasil estão disponíveis para compra na dark web.

Esse atual vazamento afetou usuários de cartões de 140 países, totalizando 4 milhões de cartões à venda em fóruns criminosos na dark web, sendo 1,5 milhão deles somente dos EUA. Cada cartão brasileiro atualmente está sendo vendido na dark web por US$ 6,54 ou cerca de R$ 36 em conversão direta.

Dentre as bandeiras de cartões mais afetadas pelo vazamento estão:

  1. Mastercard;
  2. Visa: quase 80 mil cartões;
  3. Elo: mais de 6 mil cartões.

Como proteger os dados de cartões de crédito?

São recomendadas algumas ações para dificultar que os dados dos usuários caiam na dark web, entre elas: 

  • Ativar alertas de compras via SMS e e-mail para acompanhar todas as compras realizadas com o cartão;
  • Utilizar senhas fortes e diferentes para seus cartões;
  • Nunca comprar em lojas suspeitas, sejam elas online ou físicas;
  • Confirir sempre a tela da máquina de cartões antes de digitar a sua senha;
  • Não compartilhe dados do seu cartão com terceiros.

Por último, caso ocorra alguma atividade suspeita no cartão de crédito, deve-se bloquear imediatamente e entrar em contato com a administradora para tomar as providências e evitar maiores prejuízos.

Caso a sua empresa tenha sofrido um golpe no cartão de crédito corporativo ou foi vítima de crime cibernético e precisa de auxílio Jurídico, entre em contato conosco.

Fonte: Tudo Celular

Soluções Jurídicas para Empresas
Soluções Jurídicas para Empresas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Luiz Jovelino
Luiz Jovelino
Graduando em Direito na Universidade Federal de Alagoas, experiência com estudos constitucionais. Atuou como trainee da empresa Júnior Legis. É estagiário na área de Compliance do BL Consultoria Digital.
Luiz Jovelino
Luiz Jovelino
Graduando em Direito na Universidade Federal de Alagoas, experiência com estudos constitucionais. Atuou como trainee da empresa Júnior Legis. É estagiário na área de Compliance do BL Consultoria Digital.

Posts Relacionados

Fale Conosco

Categorias

Assine nossa Newsletter

Confira Mais Conteúdos