Whatsapp poderá ser utilizado para transferência bancária

whatsapp
Whatsapp poderá ser utilizado para transferência bancária

O Banco Central concedeu, nesta terça-feira (30), as permissões que possibilitam que o aplicativo de mensagens seja usado para a função de transferência bancária. O envio de recursos entre usuários através do aplicativo divide opiniões, porém as empresas usuárias do modelo do aplicativo para negócios, o Whatsapp Business, se mantêm otimistas com a possibilidade.

Segundo o BACEN, as operações poderão ser feitas a partir da data em que o Whatsapp disponibilizar a funcionalidade ao cliente com tarifa definida pelo aplicativo. Com a autorização, a empresa Facebook Pagamentos do Brasil funcionará como um “iniciador de pagamentos”. 

Os trâmites para a implementação dessa nova funcionalidade, já estavam em andamento desde o ano passado com o anúncio do Facebook, empresa proprietária do Whatsapp, em junho de 2020. No anúncio, a empresa também declara a expansão do seu negócio de pagamentos por vários países. 

Entretanto, após esse anúncio o BACEN decidiu suspender o funcionamento do serviço de transferências,  afirmando que: 

A motivação do BC para a decisão é preservar um adequado ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato.

BACEN

Agora, já com a autorização necessária, o Facebook adentra a categoria de Fintech e inicia os preparativos finais para disponibilizar a nova funcionalidade do Whatsapp, assim que possível.

Para que o usuário consiga utilizar o recurso será necessário realizar um cadastro do número do cartão de débito ou pré-pago de bandeiras Visa ou MasterCard. Dessa forma, a cada solicitação de transferência bancária, o aplicativo iniciará as transações entre contas nas instituições financeiras que o usuário já é credenciado. 

Fonte: G1

Para Assessoria Jurídica BACEN, Análise Regulatória CVM, Análise de Risco KYC/KYE, Due Diligence e Compliance AML PLDFT para Fintech, contate nossos Advogados

Para mais informações ou se tiver dúvidas sobre Aspectos Regulatórios e Compliance para Fintechs: Assessoria Jurídica BACEN e COAFAnálise Regulatória CVM, Análise de Risco KYC/KYE, Due Diligence GAFI/FATF e Compliance PLDFT (Prevenção a Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao terrorismo – AML – AntiMoney Laundering), entre em contato pelo e-mail contato@blconsultoriadigital.com.br  ou fale com um Advogado online agora.

BL Consultoria e Advocacia Digital

Escritório jurídico voltado para o mundo conectado que busca auxiliar empresas e startups a desenvolverem seus projetos (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) de forma ética e eficiente com atuação especializada em Direito Digital e Análise Regulatória para novas tecnologias. Estamos localizado em dois endereços: em São Paulo-SP, na Av. Paulista, 575 – conjunto 1903 – Bela Vista, CEP 01311-911 e em Campinas-SP, na Rua Antônio Lapa, 280 – 6o andar, Cambuí. Para mais informações ou consultoria jurídica com nossos advogados, agende uma reunião pelo link ou ligue  +55 11 3090 5979.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Jaqueline Martins
Jaqueline Martins
Graduanda em Jornalismo da Universidade Federal de Alagoas com formação técnica em informática e experiência em pesquisa acadêmica na área de Ciberjornalismo. É voluntária no projeto de extensão Memoráveis Alagoas e estagiária na área de Comunicação e Marketing Digital do BL Consultoria Digital.
Jaqueline Martins
Jaqueline Martins
Graduanda em Jornalismo da Universidade Federal de Alagoas com formação técnica em informática e experiência em pesquisa acadêmica na área de Ciberjornalismo. É voluntária no projeto de extensão Memoráveis Alagoas e estagiária na área de Comunicação e Marketing Digital do BL Consultoria Digital.

Posts Relacionados